sexta-feira, 25 de novembro de 2011

GEMAS ORGÂNICAS - CORAL


Forum Romano
Formado de restos de esqueletos de pólipos calcários, calcíticos ou aragoníticos, minúsculos animais que vivem em colônias que, à medida que crescem, formam eventualmente recifes e atóis. O coral se forma em águas rasas, tranqüilas, límpidas e com temperatura entre 13ºC e 16ºC. Por séculos, a produção mais importante de coral foi a do Mar Mediterrâneo, mas atualmente os principais fornecedores mundiais são o Japão e a Malásia. Outras fontes são: Austrália, Filipinas, Argélia França, Itália, Marrocos, Tunísia, Tailândia, E.U.A. e Irlanda.
Existem dois tipos de coral. Um formado por carbonato de cálcio ou simplesmente denominado calcário e, o outro, composto por conchiolina, uma substância córnea.

Coral calcário
Coral calcário se apresenta nas cores de rosa claro ao vermelho escuro, laranja, branco e creme e, ocasionalmente, azul ou púrpura.

Coral conchiolina
Coral conchiolina se apresenta negro, marrom escuro e amarelo (dourado) O coral negro é muitas vezes chamado de “coral do rei”, encontrado no Havaí e Austrália, estando em extinção.


Os corais mais importantes usados na joalheria são os vermelhos e os rosa. A cor do coral mais procurada varia com o modismo. No Oriente Médio a preferência é pelo coral vermelho vivo, entretanto os europeus preferem um rosa claro, porém vivo, chamado de pele de anjo. O maior centro de lapidação de coral é a Itália, na cidade de Torre Del Grecco.

Jane Leão Nogueira da Gama

Nenhum comentário:

Postar um comentário