terça-feira, 26 de julho de 2011

BONS VINHOS

  No mercado de vinhos ouve-se muito sobre os rótulos italianos, chilenos, franceses, argentinos...E tem um tipo que vem ganhando vez no assunto: os "australiano".Sim, o país do canguru está se destacando gradualmente entre os amantes da bebida do deus Baco graças a qualidade de suas uvas e de seus rótulos.
 Um dos diferenciais dos vinhos australianos são suas características, que já possuem uma concentração de frutas, textura sedosa e deliciosos sabores."As uvas mais utilizadas são a Shiraz, Cabernet Dauvignon, Greenache, Pinot Noir,Sultana,Muscat Gordo Blanco, Chardonnay, Riesling, Semilon e Colombard, sendo a Shiraz a mais utilizada para os tintos enquanto a Chardonnay se responsabiliza pelos brancos".
 As regiões ideais para o cultivo destas uvas variam de acordo com a temperatura e o clima, sendo os locais quentes propícios para o bom amadurecimento das uvas tintas, em especial a Shiraz."Já na área de Adelaide Hill's é mais comum a produção de uvas Chardonnay - sendo essas as melhores do país -, Sauvignon Blanc e Pinot Noir".Lembrando que o grau de teor alcoólico destes vinhos varia dos 13% aos 14% em média e a armazenagem deve ser feita num ambiente seco e fresco com a temperatura de 15 e 16 graus.
 Em matéria de Shiraz, Cabernet Sauvignon e Pinot Noir, os vinhos australianos remetem muito aos chilenos por serem tão concentrados quanto, mas nunca iguais, pois se tratam de solos, climas e regiões bem diferentes.
  Revista em Dia
           Pedra da Sorte

Um comentário:

  1. Nossa que amiga mais chic,rsrsrsr...eu adoro um bom vinho, só não sou uma conhecedora tão profunda. Gostei do artigo. Bjkas

    ResponderExcluir