quarta-feira, 9 de março de 2011

OLHE PARA TRÁS!

Está  vendo o caminho percorrido?  Entre quedas e tropeços,  subidas e descidas,  momentos bons e ruins,  chegamos até aqui.  Vivemos histórias que  não pertencem a ninguém  mais. Guardamos na memória  fatos que máquina nenhuma  no mundo conseguirá  revelar: fazem parte  das nossas lembranças,  nossos passos e da  pessoa única que somos.  Mas, infelizmente, temos  o hábito de guardar  cicatrizes do que nos  fez infelizes e olharmos  como uma lembrança  distante e apagada o  que nos deu alegria. 
É possível ressentir uma grande dor com grande intensidade, trazendo à tona as mesmas emoções vividas, mas como é difícil ressentir do mesmo jeito uma felicidade que um dia nos fez vibrar!
O ideal seria inverter as situações. Guardar na pele e na alma cicatrizes do que nos fez bem e nos lembrar do mal sem muita nitidez. Guardar das pessoas o lado bom, o bem que nos fizeram e o que de bom vivemos juntos.  
Letícia  Thompson

Um comentário: