quarta-feira, 20 de outubro de 2010

PÉROLA, A RAINHA DAS GEMAS

   De todas as gemas, a pérola é considerada a mais perfeita.Ao contrário de qualquer outra gema, ela não necessita passar por nenhum processo de lapidação ou polimento, pois já nasce bela, pronta para ser usada.Todo o seu esplendor já pode ser visto no mesmo instante em que ela é extraída da ostra.
   Há cerca de 6.000 anos a pérola já era usada como adorno.Ela foi uma das primeiras gemas a se tornarem conhecidas pelo homem.Ao longo dos milênios ela se tornou fonte de fascinação e mistério, sendo considerada fonte de poderes esotéricos e espiritual.
   Não é por acaso que sua ligação com o universo feminino é fortíssimo.De acordo com os persas, a pérola intacta é símbolo de virgindade.A concha que guarda a pérola é comparada ao orgão genital feminino, e o termo "furar a pérola da virgindade" significa consumar matrimônio.
   A pérola é uma gema orgânica, ou seja, sua produção está ligada a um ser vivo.Basicamente ela pode ser classificada como natural ou natural cultivada.A natural é formada por um mecanismo de defesa da ostra contra um organimo estranho que entra dentro dela, que tanto pode ser um grão de areia, uma larva ou um parasita.Para se proteger desse intruso, ela passa a secretar uma substância particular, produzindo camadas e camadas de nácar, envolvendo o ser estranho, gerando a pérola.
   Ao contrário do que pensam os leigos, a pérola cultivada é tão valiosa quanto a natural, pois elas passam por exatamente os mesmos processos.A única diferença que existe entre elas, é que no caso da cultivada, o homem insere o corpo estranho que formará a pérola, não esperando que o acaso ou a natureza aja por conta própria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário