quinta-feira, 13 de maio de 2010

IEMANJÁ

 Orixá africano, cujo nome se origina da expressão iorubá
"yeyé omo ejá", que significa "mãe dos peixes".É cultuada no Brasil e em Cuba, onde se chama Yemanjá.
 Seu dia varia conforme a região do Brasil.As festas mais conhecidas são 2 de fevereiro e 8 de dezembro.A primeira foi criada pelo candomblé da Bahia, e a segunda pela umbanda do
Sudeste ( Rio e SP ).
 O mito diz que ela nasceu da união do céu ( Obatalá ) e da
Terra ( Odudua ).Casou-se com o irmão, Aganju ( terra firme ), e deu à luz Orungã.O filho nutria por ela um amor incestuoso e,
um dia aproveitando a ausência do pai, a raptou e violentou.Iemanjá conseguiu escapar, mas, na fuga, quando ele
estava prestes a apanhá-la, caiu desfalecida.Seu ventre se rompeu
e dela nasceram todos os outros orixás.
 Vaidosa, gosta de objetos de adorno como oferenda: jóias, colares, perfume, espelho, pó de arroz, talco, batom e flores.
  Iemanjá, na África, é o orixá do rio Ogum, o maior da Nigéria.
Quando os escravos trouxeram a religião à Bahia, onde não havia um grande rio, ela passou a ser protetora do mar.

4 comentários:

  1. Nossa, eu não imaginava nada disto tb... Achei chocante esta história dela se casar com o irmão e ainda o filho nutrir amor por ela ao ponto de tentar violentá-la...

    ResponderExcluir
  2. Salve Iemanjá, precisamos mesmo de sua proteção.

    ResponderExcluir
  3. SARAVÁ!!
    Minha MÃE!!!

    muita LUZ PAZ AMOR PROTEÇÃO!

    BJSSS
    @CARLAFLORESADV

    ResponderExcluir