terça-feira, 5 de janeiro de 2010

ESMERALDA

Vem de longe o fascínio que as ESMERALDAS exercem sobre pessoas sensíveis e apaixonadas.Admirada há mais de quatro mil anos por diferentes povos em todo o mundo, a gema tem fama de avivar a inteligência e o coração, além de ser vista até hoje como guardiâ do amor: diz a lenda que as esmeraldas perderiam a cor se um dos parceiros fosse infiel.

A gema é tida como pedra perfeita para as pessoas ambiciosas e apaixonadas.A poderosa Cleóprata está aí para comprovar essa suspeita.Nos dias de hoje, os místicos acham seu uso importante devido a sua capacidade de conduzir ao caminho da caridade.De acordo com eles, quem a usa tem chances de despertar o sentimento da igualdade e humildade, estendendo a mão ao seu semelhante, independentemente das diferenças de raça, cultura ou religião.Mas não é de hoje que a humanidade explora os poderes mágicos da esmeralda.Desde a Antiguidade ela é considerada uma gema muito especial.As múmias reais do Egito eram muitas vezaes enterradas com um cetro adornado com esmeraladas, para garantir ao morto uma juventude eterna.Já os povos medievais acreditavam que ele trazia felicidade no amor e harmonia no lar.

De acordo com alguns místicos, a energia da esmeralda desperta o sentimento de igualdade, retirando o ser humano do seu isolamento.Ela também oferece a compreensão de que é possível aceitarmos e amarmos uns aos outros sem impor condições.Traz a tranquilidade e o equilíbrio para todos os sitemas energéticos: físico, emocional, mental e espiritual.Pedra associada a cura, transmite a esperança, abre os caminhos da mente e do coração.Sua cor expressa a alegria da união entre o azul que estimula a consciência de si próprio e do amarelo que desperta a capacidade de manifestação no mundo.Dizem que sua vibração é capaz de equilibrar e purificar as relações entre o nosso mundo interno e o mundo externo, além de atuar fortemente no sistema nervoso.Para os esotéricos, ela é importante em qualquer processo de cura, pois tem o poder de equilibrar, desintoxicar e fortificar o sitema respiratório, digestivo e nervoso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário